Não pule a recuperação pós prova

Rodrigo Silva

Você treinou muito para aquela tão sonhada prova e aconteceu como desejado! Você se superou, conseguiu completar, o objetivo foi alcançado, o tempo foi maravilhoso e você está super empolgado para a próxima prova. É na semana seguinte já entra forte nos treinamentos. Mas, muita calma nessa semana pós prova. Ela é fundamental na recuperação, normalmente quando se chega na prova alvo, aquela que você ficou semanas treinando ou até meses o esforço e o desgaste causado no corpo são tão grandes que apenas um dia não é o suficiente para recuperação total do corpo.

Por isso, a periodização que seria um planejamento é muito importante para corredores e atletas amadores.

Neste planejamento deve conter semanas com treinos fortes, provas treinos, prova alvo e muito importante que tenha semana regenerativo.

A semana regenerativo você deve treinar, porém os treinos deverão ser em intensidade baixa. Em alguns casos, no dia seguinte pós prova o atleta pode treinar ou também pode fazer um dia totalmente OFF, sem treino nenhum. Quem deverá determinar isso, será o treinador em conjunto com o atleta. Porque não existe uma formula precisa no treinamento, cada pessoa responde de uma maneira aos treinos e nas provas. Alguns conseguem se recuperar mais rápido do que outros e isso não significa que a pessoa que precisa de mais tempo para se recuperar seja menos condicionada. Isso e o princípio da individualidade biológica, nenhum de nós tem um corpo ou metabolismo igual, portanto o treino e a recuperação também não poderiam assim ser.

 

Rodrigo Silva

Rodrigo Silva - educador físico, personal trainer e triatleta. Diretor da RS Assessoria Esportiva, especializada no treinamento de corrida e triathlon. Integra a equipe do blog VIDA QUE CORRE

Mais Lidos

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>