Whey protein é uma ótima opção para o “lanchinho da tarde” de qualquer pessoa

Libia Vieira

O “whey protein” pode ser consumido como lanche SIM! É uma proteína prática! É preciso tirar o MITO de que o “whey protein” é só para quem faz musculação, tomado antes do treino! Saiba que o “whey protein” NÃO sobrecarrega o rim e também NÃO  vai deixar você mais gorda (o), com barriga.

Também o uso de “whey protein” não é obrigatório,  desde que a quantidade de proteína necessária ao organismo seja consumida por meio de outras fontes.

Para quem não sabe, há “whey protein” no composto lácteo “Nan” para bebês. Só que, no rótulo da embalagem, está escrito em português “proteína do soro do leite”, e ninguém questiona. “Whey protein” é o nome em inglês que, traduzido para o português, conhecemos como  proteína do soro do leite. Tudo a mesma coisa, só que em idiomas diferentes.

Bebês ingerem a proteína do soro do leite por meio do composto lácteo específico para eles. O “whey protein” ainda é recomendado aos idosos porque eles precisam do dobro de proteínas do que indivíduos jovens. Também o “whey protein” é indicado para emagrecimento, para ganho de massa, enfim, há vários estudos mostrando os benefícios da proteína do soro do leite para a saúde.

Claro que a quantidade de proteína necessária ao organismo difere de um indivíduo para outro. Por isso, é muito importante procurar um nutricionista para adequar corretamente a ingestão proteica e as possíveis combinações ao longo do dia.

Quando adicionamos “whey protein” no iogurte ou no leite, criamos um mistura proteica caseira. Nela, o “whey protein” tem a capacidade de liberar e aumentar, rapidamente,  a leucina – importante aminoácido utilizado pela célula do corpo para a  síntese proteica muscular.

Na mistura com o leite, por exemplo,  ocorre a liberação rápida da leucina do “whey protein” em um primeiro momento. Depois, há a manutenção do pico de leucina promovida pelas outras proteínas – de liberação lenta – do leite ou do iogurte. Por isso, essa mistura do “whey protein” com leite ou iogurte é uma estratégia nutricional interessante para as refeições intermediárias, como lanche da manhã ou lanche da tarde.

Não é necessário usar o “whey” protein sempre antes do treino de musculação. Estudos mostram que o tempo de absorção do “whey protein” vai depender do consumo de proteína em outras refeições e, por consequência, da real necessidade do organismo por mais proteína. Diante disso, não há regra para tomar o “whey protein” pré ou pós treino. Tudo vai depender da estratégia de nutrição da pessoa.

Libia Vieira

Libia Vieira – nutricionista graduada na Universidade de São Paulo (USP), especializada em nutrição no treinamento desportivo e nutrição aplicada ao exercício. Atua na clínica Bellederm Estética e Saúde, em Campinas.

Mais Lidos

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>