Respiração rápida na corrida pode causar dor nas costas

Thais Zorzin

Durante a corrida, procure respirar inflando o abdômen e não erguendo os ombros ou estufando o peito. No começo parece não ser fácil, mas treine no dia-a-dia e logo essa respiração será automática.

Respirar superficialmente faz com que o diafragma (músculo que separa o tórax do abdômen e que participa do processo da respiração), contraia e relaxe rápido demais, podendo apresentar um espasmo, uma espécie de câimbra, gerando dor.

A prioridade é suprir a necessidade maior de ar durante a corrida de intensidade forte. Para isso, o corpo exige que a respiração seja mais intensa, forçando para uma respiração superficial, curta.

Essa dor pode ser sentida na região de transição da coluna dorsal para a lombar, também dita região lombar alta. É sentida nesta parte da coluna, pois o músculo diafragma tem um dos seus pontos de apoio nas vértebras da coluna lombar alta, logo, se ocorrem uma contração e um  relaxamento bruscos deste músculo por causa de uma respiração curta, essa região da coluna será sobrecarregada levando à dor.

Uma dica para quem sente essa dor é fazer um trabalho respiratório chamado de respiração diafragmática. Deite de barriga para cima com os joelhos dobrados. Puxe o ar pelo nariz, inflando o abdômen e murche-o quando expirar, eliminando o ar pela boca. Solte o ar mais lentamente do que inspirou. Essa técnica faz o alongamento do músculo diafragma.

É muito importante saber a maneira de como respirar enquanto se exercita, principalmente, durante a corrida que é uma atividade aeróbica bastante exigente, que envolve o metabolismo do oxigênio como fonte de energia. Um bom trabalho respiratório também pode ser feito por meio do tratamento com a técnica do RPG, realizado por um fisioterapeuta.

Thais Zorzin

Thais Zorzin - fisioterapeuta da Clínica FisioZin. Colaboradora do blog VIDA QUE CORRE

Mais Lidos

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>