“Joelho de corredor” é uma lesão muito comum

Thais Zorzin

 

Você iniciou o seu treino de corrida e logo começou a sentir uma dor no joelho. Essa dor pode ser uma lesão muito comum entre os corredores, a síndrome patelofemoral, também chamada de “joelho de corredor”.

Por mais que você faça treinos orientados, faça fortalecimento e alongamento muscular e também use tênis cada vez mais moderno, ainda assim, é bastante comum os praticantes de corrida apresentarem este tipo de lesão.

Essa lesão é causada por micro traumas da patela sobre o fêmur, devido aos treinos excessivos e à falta de alongamento e falta de fortalecimento da musculatura da perna. Esses traumas geram a  perda da cartilagem entre a patela e o fêmur e, consequentemente, a dor no joelho. As mulheres que têm os joelhos mais para dentro e o quadril mais largo apresentam um desalinhamento da patela que favorece mais este tipo de lesão.

Uma dica é fazer não só o fortalecimento da perna, mas também o fortalecimento da musculatura do quadril, pois estes músculos vão fazer o equilíbrio do quadril no momento da fase de apoio do pé no chão durante a corrida, evitando que o quadril caia para o lado oposto ao do pé apoiado. Se o quadril não conseguir se manter equilibrado neste momento, o joelho será sobrecarregado. A fisioterapia também irá ajudar no combate do processo inflamatório e no reequilíbrio da postura corporal. Durante o tratamento, o treino tem de ser suspenso.

Thais Zorzin

Thais Zorzin - fisioterapeuta da Clínica FisioZin. Colaboradora do blog VIDA QUE CORRE

Mais Lidos

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>