10 Motivos para você se exercitar ao ar livre

Lu Martinez

Se exercitar ao ar livre é sinônimo de bem-estar, liberdade e prazer.

Não vou tratar neste post sobre os benefícios e diferenças “teóricas” de praticar atividade física na academia e rua, mas sim, motivar e dar um empurrãozinho para quem ainda não tomou coragem de se aventurar por aí afora.

Vamos lá :

1. interagir com a natureza

Ver o céu, as árvores e até sentir o ar, são cenas do dia a dia que passam despercebidas. Elas se tornam corriqueiras, simples e sem importância, parecendo fazer parte de um todo já quase invisível. Do simples caminhar até a padaria ao praticar algum esporte, (sem carro e fora das 4 paredes), essas cenas se concretizam em percepções de que há vida lá fora ! Você sente o vento, experimenta o ar, reconhece as árvores e flores e redescobre que você vive embaixo de um céu infinito !

2. fazer amigos ou reencontrá-los

Provar outros ambientes é a chance de fazer novas amizades e reencontrar amigos pelo caminho. Ao sair por aí, você percebe que há um mundo de pessoas, jovens e famílias interagindo e aproveitando, o tempo disponível do dia, dividindo o mesmo espaço e até se relacionando em novas amizades. Isso é a prova do prazer e o bem-estar que o ar livre proporciona.

3. vontade de repetir no dia seguinte

Para quem não pratica nenhuma atividade ou para quem só treina em academia, provar algo diferente é sair a rotina. E sair da rotina já é um primeiro estímulo! Fazer exercícios ao ar livre é incrivelmente estimulante pela liberdade que proporciona, como também incrivelmente estimulante querer aquele “repeteco” no dia seguinte.

 

86518958

 

4. recarrega as energias e equilíbrio emocional

Já sabemos que só o fato de se exercitar já revigora as energias, reduz a tensão,  a baixo estima, a depressão e tristeza. Quando praticados ao ar livre, interagindo com a natureza (item 1), essa redução se multiplica ! O humor melhora, a sensação de bem-estar, leveza e autoestima se elevam, a energia é reposta e o equilíbrio emocional se recompõe. Você volta para casa com vontade de quero mais e com todas as suas “negatividades” resolvidas !

5. aumento da intensidade dos exercícios pelos estímulos

O ar fresco, a luz do sol ou da lua, a paisagem, as pessoas e o espaço aberto são elementos que estimulam a atividade física e a intensidade da sua prática. O que você faria normalmente em uma sala de ginástica, bicicleta ou esteira dentro de um espaço fechado, ao ar livre, com todos esses elementos diferentes e convidativos, naturalmente você é levado a aumentar o volume ou a intensidade do exercício. São “empurrões” que não percebemos, mas que sentimos seus benefícios e resultados em curto prazo. Para quem quer perder peso… nada melhor do que essas motivações !

6. vitamina D

Exercícios ao ar livre é bom e de graça, e ainda contribui para a elevação dos níveis de vitamina D. Se pararmos para pensar, quantas horas por semana que nosso corpo fica exposto ao sol? Já fez exame de sangue para saber o nível de vitamina D ? Pois bem, na maioria dos resultados esse nível é baixíssimo e somos orientados pelo profissional a fazer a reposição por intermédio de cápsulas. Mas, se temos a chance de repor naturalmente, por que não sair por aí gratuitamente sendo “vitaminado”?

 

unspecified-6

 

7.  encontrar e fazer parte de grupos com mesmo propósito

A chance de você conhecer grupos com mesmos interesses e propósitos se multiplica quando você começa a freqüentar parques, praças e locais externos para práticas de exercícios físicos. É o que aconteceu com a Chrys Petarnella, fundadora do Paquitas que Correm. São quase 50 mil seguidoras, que, através do seu perfil no instagram @paquitasquecorrem, incentivam umas às outras à prática da corrida de rua. “Nossa maior motivação é a corrida de rua. Treinamos em parques, ruas e, em último caso, nas academias, visando fortalecimento para corrida (musculação), relata Chrys, e continua, “nossos treinos incentivam e motivam muita gente que têm seu reconhecimento em nossas publicações”. E finaliza dizendo “A sensação de liberdade que a corrida nos proporciona é nosso maior troféu”.

8. repensando na vida e momento de reconhecimento pessoal

Realmente, sair por aí e também fazer parte da paisagem e das pessoas, aguça nossos pensamentos mais íntimos, memórias, perguntas e respostas, problemas e soluções, planos e sonhos. Para a corredora e fisioterapeuta Michelle Lisidati Franchini, da Gravity Pilates, realizar seus treinos ao ar livre se tornou a melhor forma de ter contato com o seu eu interior, repensando sobre a vida e equilibrando o seu físico, mental e emocional. “Eu escolhi correr ao ar livre, que me abriu diversas oportunidades, desde conhecer pessoas a dividir minhas experiências. Faço das minhas atividades ao ar livre a minha terapia, dedico esse tempo para repensar na vida, estar em contato com a natureza e recarregar minhas energias para encarar a rotina do dia a dia”, nos conta Michelle.

 

 

9. estar com a família e ser exemplo de saúde e união para os pequenos

Para quem tem filho sabe o que estou falando. Que momentos mais raros e importantes é estar e se divertir com a família! Nossas responsabilidades do dia a dia nos distanciam de prazeres e de estarem ao lado deles, mas, nada de desistir. Tirá-los da frente do computador e de jogos eletrônicos é um desafio, mas, ao provarem de uma brincadeira no parque, um passeio de bicicleta, ou um jogo de bola na rua, não vão querer voltar para casa. Somos seus exemplos e seus suprimentos de atenção e carinho. Uma ida ao mercado a pé significa, além da atividade física, uma conversa divertida, um segredo compartilhado, um carinho trocado, um andar de mãos dadas, e o fortalecimento a relação pais e filhos.

10. provar novos terrenos

Pode parecer besteira, mas, você já fez abdominais ou qualquer outro exercício no gramado ou no asfalto? Sim, tem muita diferença e no início é até desconfortável e estranho. Testar novos terrenos e se adaptar a eles é mais que motivação, é um desafio até que gostoso. A prática de atividade física em terrenos acidentados aguça nossa percepção, foco no exercício, equilíbrio, atenção e concentração! Quer mais?

 

Agora, convidamos você a testar cada um desses motivos !

 

Participação especial e nosso agradecimento :

Chrys Petarnella – fundadora do Paquitas que Correm – IG @paquitasquecorrem

Michelle Lisidati Franchini – corredora e fisioterapeuta da Gravity Pilates – IG @mifranchini

 

 

Lu Martinez

Lu Martinez - Marketing VIDA QUE CORRE

Mais Lidos

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>